DOBES Archive

MP_Txipax_dabanan
Marcelino conta o mito da moça que tinha como marido uma minhoca. Sua mãe ao descobrir o marido da filha matou-o jogando água fervendo em seu buraco. A filha por perder o marido meteu-se mata adentro chamando onças para virem devorá-la : a onça inu (inu keneya) e a onça suçuarana (txaxu inu) vieram ao seu encontro e ficaram come la. Vendo que estava com sua vagina bichada, eles a curaram e em seguida casaram-se come la, com quem tiveram filhos, porém a sogra-onça comeu seus netos. Com isso, seus filhos-onça resolveram queimar a mãe. Esta avisou que ao ser queimada a classe das onças viria ao seu encontro. Assim dito, ao ser queimada, onças diversas apareceram para vingar-se de seus filhos. Estes foram protegidos por um coelho que os escondeu. Porém a morte da onça-mãe/sogra dois grandes eventos apareceram : a ruptura na comunicação entre os animais, que até entao era inteligivel por todos, e o surgimento de dor/doença. Trata-se de um dos mitos fundamentais da sociedade caxinauá.
TT_Yuxin
Tomas talks about yuxins.